3# Batimento da Trama: Encolhimento & Ângulos

fb

SEÇÃO ESPECIAL: TECENDO COM OS CEGOS E DEFICIENTES VISUAIS!

Neste 3º tópico, eu e Maria Isabel, tecelã de Portugal e totalmente cega devido a diabetes, continuamos apresentando a vocês, as nossas conversas através de imeious, onde ela, sem perceber, vai me ensinado a enxergar melhor a vida; e eu vou narrando detalhadamente a ela, a arte de tecer!

Desta vez, falamos sobre Batimentos de trama, encolhimento e ângulos.

De:Maria Isabel

Enviada:sexta-feira, 7 de novembro de 2008 8:49:30

Para:Rodrigo Tecelão (rodrigo.tecelao@hotmail.com)

Olá, Olá!!!

Bom Dia, Brasil!

Você, é, mesmo um Abençoado por Deus! Bem haja!!!

espectáculo!!! Como estou feliz!

Quanto às nossas trocas de impressões; claro que pode utilizá-las.

Em relação à informação que surge na   tela, eu, com o leitor de tela, só consigo aceder ao texto principal. Sobre estas coisas de construção de páginas Web, não percebo nada, sou mera utilizadora, mas, sei que  o melhor formato é em html, o que isto significa, não sei.

Adorei as suas explicações! Fiquei, completamente , esclarecida, em relação à construção do xadrez. Só não fez referência à forma como se faz o batimento da trama, ou seja, a cada passagem da navete, qual  a melhor maneira de encostar o pente, pois sei que interfere no resultado que desejamos. Penso não estar a dizer nenhum disparate!!! rsrsrs! (…   …)

Olhando para trás, posso sentir-me hoje, muito feliz! Já cresci muito, já me riu muito de mim, e, sinto-me muito bem comigo mesma.

Isto tudo para lhe dizer: Este nosso encontro, não só me está a ser útil, como, penso que possa ser útil para muitas outras pessoas. Por exemplo, aquelas pessoas que estão a começar a dar os primeiros passos, vão ter acesso a explicações pormenorizadas, pois pelo facto de eu não ver, e, o Rodrigo ter que descrever tudo, vai com certeza ajudar quem encontrar estas nossas conversas.(…   …)

Penso, que a melhor forma de aprender, é, interiorizar a matéria que queremos, ou seja, que ao falarmos sobre teias, tramas, pontos, estes mesmos  nos apareçam no cérebro, como imagens, sem que seja necessário estarmos com as coisas à frente dos olhos. Falo do raciocínio abstracto, que é excelente, para quem não vê! Quando, estou a ouvir o que me diz, em relação às coisas da tecelagem, estou a fazer uma visita guiada a todo o conhecimento que já tenho no meu cérebro. O ser humano é fantástico! Não é? E então, quando se propõe Servir a Deus, como objectivo principal de vida, é ainda mais fantástico! Pois,  Deus, é Amor, Sabedoria, Serenidade, é tudo de Bom!

Já me alonguei muito!

Desejo-lhe, um Abençoado fim-de-semana, ou por outra, um Abençoado  final de semana! rsrsrsrsrsrsrsrs!

Isabel Cardoso

De:

Rodrigo Tecelão (rodrigo.tecelao@hotmail.com)

Enviada:

quinta-feira, 13 de novembro de 2008 11:24:33

Para:

Maria Isabel

Oi minha linda!
Desculpe a demora!
Hoje finalmente saiu o sol após vários dias de chuva constante; tivemos muitas tempestades com raios e trovões, típicos de nosso país tropical (o que muitas vezes nos impede de ligar os computadores, eles podem queimar!).(…   …)
Passadas as chuvas, vamos agora ao que interessa!

Batimentos da trama.

Tecer, é jeito e não força! não se bate mais forte ou menos forte! Criamos sim condições para que a trama encoste mais  ou menos umas nas outras independente da força aplicada ao batimento do pente! (Como assim? ein? ein? ein?)

Creio eu que os pentes de se pentear os cabelos em Portugal, sejam iguais aos pentes do Brasil (Afinal, cabelos são cabelos e pentes são pentes, em qualquer lugar do planeta! Rsrsrs); pois bem, vamos lá!

Imagine que num pente de cabelo, cada dente representa um fio da teia.

Pegue um fio fino que representa a trama, e vá zig-zageando (sabes o que é isto?) traçando um circuito com este fio entre cada dente do pente, um por cima ,um por baixo, um por cima, um por baixo, etc… até completar todos os dentes do pente de cabelo. Agora corte-o e retire-o do pente.

Ao retirares fora este fio que representa a trama, perceberás que ele é bem maior do que o comprimento total do pente de cabelo (Captou? Percebestes? Ein? Ein? Ein?)

Isto mesmo; o comprimento da trama necessária é sempre maior do que a largura total da teia; por isso os tecidos costumam encolher tanto enquanto tecemos!

Corrigimos isso fazendo um ângulo (como um telhado de casa) em cada trama passada, antes de bater o pente.

Voltemos agora aos REPS ! (lembra-se?)

– Reps de teia – A trama passa bem reta e perpendicular à teia (nestes teares não existe o pente a separar os fios e a trama fica totalmente escondida sob a teia). Em outra ocasião detalharemos este assunto e estes teares!

– Reps de trama – é quando a teia fica completamente escondida sob a trama, para isso fazemos com a trama um ângulo de telhado de casa (equivalente a um triangulo retângulo, ele tem este nome aí em Portugal? Onde a base maior deste triangulo imaginário, é a trama anterior que foi feita, no tecido já pronto!), assim o fio da trama ao mudar-se a posição dos quadros, pode moldar-se em seu circuito, sem repuxar a teia em suas laterais.

– Reps Equilibrada – É quando teia e trama aparecem igualmente, compondo um desenho ou uma textura, ou os dois juntos (desenho e textura), Para isso fazemos com a trama, apenas uma leve curvatura (o suficiente para que o tecido não estreite demais repuxando a teia nas laterais) (…   …)

Continuando:

Observações importantes:

– Quanto mais alto o ângulo da trama, mais ela se molda, escondendo a teia, porém o tecido vai ficando mais frouxo nas laterais. (ideal para tapetes e tecidos densos e bem fechados)

– Quanto mais baixo o ângulo da trama menos ela se molda, a teia aparece mais, porém o tecido vai apertando e repuxando nas laterais. (ideal para mantas, Xales, xadrezes, cachecóis, e tecidos finos e mais abertos)

– Há de se encontar um meio termo, com a experiência adquirida na prática!

Seqüência de procedimentos:

1º – Passar a trama com a naveta

2º – Fazer o ângulo desejado

3º – Trocar a posição dos quadros para a próxima trama (fazendo isso prenderás o ângulo da trama em sua devida posição)

4º – E só então baterás o pente sem força (se bateres o pente antes de trocar a posição dos quadros, o ângulo que tu fizeste vai se desmanchar e ficar uma Éca, toda torta! Rsrsrs!).

Eita! Acho que consegui! Obrigado Pai!

Então minha linda! Depois deste agradável, e prazeiroso trabalhão, estarei ansioso por sua resposta!

Conte-me mais sobre ti!

Pelo que pude perceber, as fotos de teus trabalhos foram tiradas em um ambiente de alguma instituição especial, alguma escola?

Aqui temos uma grande (enorme!) instituição para os limites da visão, chamada Instituto Benjamin Constant, onde se tem abrigo, cursos profissionalizantes, palestras, etc… e absolutamente tudo em favor daqueles que necessitam de ajuda para se desenvolverem e se adaptarem novamente ao mundo que os cerca.

Espero não estar invadindo demais a sua vida!

Beijos!

Deus Sempre!

Pra ti e os teus!

# Sobre os Comentários:

* Devido ao grande volume de comentários, só serão publicados os que apresentarem dúvidas e perguntas técnicas, ou de utilidade a todos os visitantes e interessados.
* Antes de expor a sua dúvida/comentário, visite todas as páginas deste blog/portal (os links estão na coluna da direita); a sua resposta pode estar em uma destas páginas!
* Por favor leiam todos os comentários ja postados antes de fazer o seu; a resposta que vc procura pode estar logo aqui abaixo.

* Todos os comentários serão lidos e respondidos.

Agradeço aos elogios e as manifestações de carinho.
Sejam sempre bem vindos!

~ por Tecelão em 13 novembro, 2008.

4 Respostas to “3# Batimento da Trama: Encolhimento & Ângulos”

  1. A arte viva ainda funciona?
    Sim Ivani, funciona!
    http://www.artevivatear.com.br

  2. Olá Rodrigo, (…)Tive apenas uma aula e aprendi a fazer um cachecol. (…) quis fazer outro cachecol em casa sozinha,(…) Quando tirei para fazer as frajas a parte de trás ficou perfeita e quando vi a frente, que horror, ficou um bico e não sei o porque. Voce poderia me explicar o que é inverter o pente antes de bater? Como é isso? Agradeço qualquer explicação sua. E parabéns a Isabel, trabalho também com cegos e baixa visão, pois sou voluntária em associação de portadores de necessidades especiais e adoro o que faço, mas francamente ñem imaginava que os deficientes visuais seriam capazes de fazer um trabalho no tear. Que vergonha, tenho que aprender muitos com esta danadinha.
    um grande abraço
    Francis Mara

    Oi Francis
    Inverter o pente é trocar a posição dele, para cima ou para baixo, antes de bater a trama.
    pente em cima > passa trama > pente em baixo > bate a trama
    pente em baixo > passa trama > pente em cima > bate a trama
    Isso faz com que o fio da trama fique preso em seu lugar correto.
    Para que o cachecol fique todo na mesma largura é necessário fazer o angulo sempre igual em todas as tramas.
    Espero ter te ajudado!
    Seja sempre bem vinda!

  3. Oi, Rodrigo
    O que a Izabel escreveu é fato, estou aproveitando muito as dicas porque sou iniciante e não é fácil de entender o que está escrito quando não se tem muita intimidade com o tear.
    Jura que a gente só pode “bater” o pente depois de ter invertido a posição do pente? Xii, nem imaginava!!! Eu trazia o pente sempre no meio, quando toda a urdidura estava paralela. E a coisa do ângulo, muito importante também, porque eu ía fazendo o tecido cada vez mais para cima, antes de enrolar na frente, e o ângulo ía ficando cada vez menor. O resultado era estranho mesmo, às vezes mais preso, às vezes mais frouxo; como uso lãs fofinhas e com nós, não aparecia muito…além disso eu dava uma ajeitadinha depois, com os dedos. Nossa, queria tanto poder absorver mais dicas…
    Por flar nisso, como é o ponto sarja e aquele outro, não lembro o nome, que citaste no e-mail anterior da Izabel?
    Muito obrigada, todos nós agradecemos tua disposição. Acho que não perdes nada com isso, pelo oontrário, só tens a ganhar. A teia que tu teces é de boas energias, e isso traz coisas boas.
    Um abraço,
    Silvia

    Oi Silvia,
    Exatamente! Quando a gente inverte o pente antes de bater, o fio da trama fica preso ao seu lugar definitivo, e impede que algumas tramas fiquem frouxas e outras apertadas, fica tudo uniforme; e devemos tecer enquanto o angulo estiver sempre do mesmo tamanho, quando o angulo não couber mais, entre o tecido e o pente e começar a diminuir muito, está na hora de enrolar o tecido.
    Quanto ao ponto Sarja e os outros que vc leu, são pontos especificos de padronagens para tear de 4 quadros ou mais, são receitas que não encaixam no tear alemão de pente-liço.
    Agradeço a sua visita e seja sempre bem vinda!

  4. Sabe Rodrigo, existem pessoas que vieram ao mundo só para diminuir, outras vieram para somar, acrescentar,
    vc é uma dessas pessoas, iluminada por Deus, admiro sua paciencia, sua perseverança, ao lidar com um assunto, tão dificil que é ensinar uma pessoinha que deve ser maravilhosa, como a Izabel…admiro sua dedicação, seu amor aquilo que faz e o faz com muito carinho, com muito cuidado, parabens, sou sua fã e sabes disso,
    vc tem um mundo de informações importantissimas, vc é uma dessas pessoas que não se deve ficar longe nunca…..rsrs, pena que eu estou um pouquinho só longe, não tão longe como a Izabel…rs,
    Rodrigo, desculpe se disse alguma bobagem, mas admiro muito o que vc faz, beijos e Deus proce……

    Oi Bethinha!
    Obrigado por suas palavras!
    A única bobagem que vc falou foi em relação a distância (rsrs!)
    Não precisamos estar frente a frente para extravasar o Amor!
    A internét, é capaz de unir as nossas idéias;
    e as nossas intenções e atitudes, são capazes de unir corações.
    Somos todos irmãos e estamos mais próximos do que possamos imaginar, basta querer!
    Deus p/çê!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: